7 Motivos para conhecer Colônia, na Alemanha

Quando alguém decide visitar a Alemanha, costuma incluir no seu roteiro a histórica Berlim, alguns dias por Munique ou até mesmo um stopover em Frankfurt para aproveitar o gigantesco aeroporto internacional. A verdade é que além destas cidades mais conhecidas, surge uma quarta que sempre figura na listinha das 5 cidades mais procuradas e preferidas para os turistas da Alemanha: Colônia.

Para te ajudar a entender se esta ex-colônia romana e muito germânica deveria estar no seu roteiro de viagem, preparamos este post com 7 motivos para conhecer Colônia:

A grande estrela da cidade e maior igreja gótica do mundo: o nosso querido DOM

1- A Catedral de Colônia

A catedral, que é carinhosamente chamada de Dom pelos kölners (nome dado aos nascidos em Colônia), é sem sombra de dúvidas um dos maiores motivos para se visitar a cidade. Com 157 metros de altura, é a quarta igreja mais alta do mundo (sendo a maior em estilo gótico até hoje) e atrai mais de 6 milhões de turistas por ano, sendo constantemente eleito o ponto turístico mais visitado em toda a Alemanha.

A Catedral tem uma história impressionante contada através dos séculos pela qual levou para ser finalizada. São mais de 600 anos que separam o início da construção em pleno Sacro Império Romano Germânico em 1248 e sua conclusão pelos Prussianos em 1880.

Não só sua arquitetura e história são impressionantes, como o seu interior é muito bonito e guarda uma das mais importantes relíquias católicas do mundo: as relíquias dos 3 Reis Magos.

Se nada mais fosse visto na cidade, conhecer o Dom já teria valido a sua passagem por aqui e com certeza merece estar nessa lista.

2 – A História Romana

Colônia só se chama Colônia porque se tornou uma colônia romana no século I d.C. A importância que a administração romana teve para a cidade não está representada apenas na manutenção do seu nome, mas sim como se conecta com a história da cidade e no comportamento dos seus habitantes até hoje.

Exatamente na praça da Catedral foi construído um dos museus mais importantes da cidade: O Museu Romano-Germânico. Apesar de não se limitar apenas ao período romano, uma das suas grandes atrações é o Mosaico de Dionísio. Um mosaico encontrado apenas no século passado que originalmente enfeitava o chão de uma luxuosa mansão e que se encontra em quase perfeito estado. O museu ainda guarda a maior coleção de vidros produzidos localmente da Era Romana.

Ao caminhar pela cidade e com as dicas certas você perceberá que a história romana não está confinada apenas dentro das paredes do museu. Há ruínas e construções espalhadas pelas cidade que ajudam a contar como essa Colônia foi uma das colônias mais importantes da províncias romanas.

3 – O museu do Chocolate

A mundialmente conhecida marca de chocolate Lindt mantém às margens do Rio Reno um espaço dedicado à história do chocolate: o Schokoladenmuseum.

Você pode fazer uma jornada por conta própria ou em visita guiada pelos mais de 4.000 m² de espaço que ajudam a contar a trajetória de mais de 5.000 anos da história do chocolate. São fatos históricos e recentes que passam desde a descoberta até os processos mais modernos de fabricação deste que é um dos produtos mais consumidos pelos alemães.

Ainda no mesmo passeio é possível acompanhar o funcionamento de uma pequena fábrica da Lindt que ali montaram. Os visitantes podem conferir de pertinho cada etapa do processo e finalizar experimentando o chocolate em uma fonte enorme. Qualquer lugar que tenha uma fonte grande de chocolate (com certeza) merece estar na minha lista de motivos para se conhecer uma cidade.

4 – EAU de Cologne ou Água de Colônia

Sim, o mundialmente tipo mais suave de perfume que até hoje é comercializado por diversas marcas começou nesta incrível cidade alemã. A água de colônia original foi criado por um italiano que vivia em Colônia Johann Maria Farina em meados do século XVIII e virou sucesso em toda a Europa quase que instantaneamente.

Até hoje as marcas Farina e 4711 são mundialmente famosas e muito comercializadas. A cidade da Fragrância, como ficou conhecida Colônia nos séculos XVIII e XIX, mantém hoje o Museu do Perfume na casa Farina que se intitula a mais antiga casa de perfume do mundo.

No museu é possível fazer uma visita guiada em português para conhecer a história do seu criador e ver alguns itens pessoais. Também contam sobre a história do perfume e é possível experimentar algumas fragrâncias para tentar acertar a origem do perfume. Certamente um passeio divertido e diferente que merece estar nossa listinha.

5 – Kölsch – A cerveja de Colônia

Não é novidade que as cervejas alemãs são mundialmente conhecidas e apreciadas no mundo todo.  É claro que Colônia não poderia ficar de fora e também tem uma cerveja para chamar de sua: a Kölsch. Esta é uma cerveja estilo Pilsner de alta fermentação servida em copos de apenas 200ml. Ou seja, você pode bebê-la rapidamente.

Assim como o Vinho do Porto ou a Champagne que só podem ser assim nomeadas se fabricadas em determinado lugar por motivo de convenção, a Kölsch original também só pode ser fabricado na cidade de Colônia. O motivo para tanto é porque não se trata de um tipo de cerveja e sim uma denominação de origem. Em parte da convenção da Kölsh (sim, para a nossa surpresa há uma) uma nova cervejaria só pode produzir uma autêntica Kölsch se da sua fabricação for possível observar as torres da Catedral.

Quem estiver na cidade e for experimentar essa iguaria local, saiba que tem um pequeno truque, mas que só vou contar pessoalmente para quem me pagar uma rodada. E por ser um produto típico alemão e de Colônia (e pela cerveja grátis que ganharei) este é um item que precisa estar na lista de motivos para conhecer Colônia.

6 – O Carnaval de Colônia

Este é um dos maiores carnavais do mundo e com certeza o mais conhecido de toda a Alemanha. A festividade começa no dia 11/11 e vai até quarta feira de cinzas do ano seguinte.

Só para vocês terem uma ideia da importância desse evento, a população na cidade dobra nos principais dias do carnaval. Os preços dos hotéis sobem mais de 200%. Mais de 300 toneladas de doces e 300 mil buquês são jogados durante o Rosenmontag (que é um dos principais dias de celebração) e mais de 50 milhões de copos de kölsch são bebidos.

Eu precisaria de uma matéria exclusiva só para contar todas as curiosidades e ilustrar um pouco do cenário em que a cidade se transforma nestes dias. De qualquer forma, já posso adiantar que este é um evento muito aguardado pelos alemães e kölners (é claro!) o ano todo. Eles gostam tanto e tem tanto orgulho deste Carnaval que não tinha como não considerar este mais um dos motivos para conhecer Colônia.

7 – Passeio guiado com o Detalhes de Viagem

Os passeios a pé guiados pela cidade são famosos na Europa e já amplamente conhecidos. Mas eu realmente adoro os passeios de Colônia. Já gostava como cliente e passei a adorar ainda mais sendo guia da cidade.

Sou responsável pelo tour chamado: Colônia Clássica free tour – Português. Trata-se de uma parceria com a Freewalk Cologne que é uma empresa de tours em Colônia super conhecida e muito bem avaliada no TripAdvisor.

Neste tour fazemos uma caminhada de aproximadamente 2 horas e meia enquanto conto algumas histórias, lendas e o jeito particular do povo de Colônia de viver. Abordarei sobre a origem da cidade e porque carrega esse nome não tão alemão. Visitaremos a famosa, sobrevivente e quinta maior catedral do mundo e sua surpreendente história de construção que levaram séculos para ser finalizada. Passaremos ainda pelas ruínas romanas de 2000 anos e um antigo portão romano da cidade velha que continua de pé até hoje. Além, é claro, de muitos outros pontos turísticos e outros não tão turísticos que vão te ajudar a entender melhor essa, que é a quarta maior cidade da Alemanha.

Tudo isso é apresentado de uma forma leve e com bom humor e feito por quem conhece a cidade de verdade. Para reservar seu lugar neste tour basta clicar aqui .

 Eigelstein-Torburg: Antigo portão romano onde nosso Tour começa

Estes são os meus 7 motivos para conhecer Colônia. Agora eu quero saber de vocês. Ficaram com vontade de conhecer a cidade? Se já conhecem, qual seria seu oitavo item na lista?

Espero que tenham gostado e, para mais conteúdo como esse, acompanhe a gente no Instagram e Facebook e fique por dentro dos próximos posts. Tschüs!!!

2 comentários sobre “7 Motivos para conhecer Colônia, na Alemanha

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao Topo