Wine Tasting na Toscana -Que tal provar vinhos e azeites no coração da Toscana?

Existem pessoas que gostam tanto de viajar e de vinhos que poderiam passar horas falando sobre as viagens que fizeram com a finalidade de experimentar alguns vinhos premiados ou de produção local em todos os cantos do mundo.

Nós, que apesar de adorarmos viajar (não diga!) e já termos experimentado algumas taças de vinho por aí, nunca estudamos a fundo sobre. De qualquer forma, isso nunca nos impediu de arriscarmos alguns wine tasting por onde passamos. Afinal, a prática costuma ser um ótimo método de aprendizado.

Hoje o nosso post é para você que se identifica com o nosso perfil e que está passeando pela Itália.

Tudo começa pela famosa Toscana, região da Itália central com cerca de 3,7 milhões de habitantes. Para quem estiver imaginando a bota, eu diria que fica mais ou menos acima do meio e na parte da frente. Quando penso em Toscana lembro-me da capital Florença e de algumas famosas cidades como Pisa e Siena.

Há um prazer ímpar em passear pelas estradas, subindo e descendo, seguindo os inúmeros aclives enquanto se aprecia os belíssimos cenários das pequenas cidades e vilas tipicamente italianas. Cada parada é uma oportunidade de servir-se de uma boa massa acompanhada de um delicioso e vinho.

1707 - Contiki - Toscana e Wine Tasting (74)
Paisagens pela Toscana tomada por parreiras e oliveiras.

 

Estes vinhos produzidos na região são famosos desde a Idade Média. Uma das justificativas se encontra na geografia. Por ser uma região com muitas colinas, morros e montanhas, há um favorecimento na produção de uvas de qualidade para produção de vinhos. Isso porque nas partes altas há concentração de luz do sol pelo tempo necessário para o amadurecimento correto das uvas. Outro motivo para as boas safras é a significativa variação de temperatura entre dia e noite nas zonas mais altas. Resumindo: o lugar é perfeito para comer uma deliciosa massa acompanhada de um dos vinhos mais famosos do mundo enquanto desfruta de um belo cenário ao fundo. Convenhamos, até quem não é entendido de vinhos, facilmente se delicia com essa ideia.

E já que não somos entendidos, pensamos: “que tal aprender mais um pouco?”. Para essa difícil missão escolhemos a vinícola Tenuta del Palagio.

1707 - Contiki - Toscana e Wine Tasting (21)
Plaquinha fofa na entrada!

Com 55 hectares de plantação de oliveiras e 25 hectares de plantação de uvas em torno da fazenda do século XV da família Miniati, eles se consideram uma das mais famosas da Toscana. Eles têm produzido azeites e vinhos pelos últimos 200 anos e, considerando que o turismo enólogo tem aumentado consideravelmente, reformaram algumas salas do pequeno castelo deles para visitas e degustações.

Chegamos de ônibus em uma excursão com muitas outras pessoas. Mas vale dizer que a estrada é tranquila e imagino que não seja difícil chegar utilizando seu próprio veículo alugado. Quando descemos do ônibus, deparamo-nos com uma charmosa construção antiga parecida com um castelinho e um pátio amplo. Havia ainda uma carroça e alguns barris que enfeitava o ambiente e que podem te render ótimas fotos.

1707 - Contiki - Toscana e Wine Tasting (40)

Fomos então apresentados à guia e seu fiel cachorrinho para seguirmos com o tour. A primeira parada é a antessala da Adega. A parada é providencial, já que nos foi servido uma taça de um Brut Tuscan Red wine igt Castello Il Palagio de boas vindas enquanto ela se apresentava e nos dava uma visão geral sobre o tour e a vinícola. Ao lado dessa recepção é possível ver um barrique feito com carvalho americano que, como nos foi dito, servem para armazenar os vinhos mais jovens.

1707 - Contiki - Toscana e Wine Tasting (12).png
O segredo está em começar a beber logo no começo rs!

Adiante, eles te levam castelinho adentro para que você conheça as adegas localizadas sob o Castelo onde nos disseram que se localizava um calabouço medieval. Não há nada que prove ou que realmente lembre um calabouço. Na verdade o que tem de interessante mesmo são os enormes barris de carvalho e as informações sobre o cultivo das uvas. Ela também explica um pouco mais sobre a adega, armazenagem, a plantação e que tipo de uva é utilizado para aquele vinho. Aliás, aprendemos também que eles não têm apenas vinhos famosos, mas também azeites premiados que divulgam com bastante orgulho.

1707 - Contiki - Toscana e Wine Tasting (13)
Um dos corredores dentro do castelinho.

Depois de termos passado por algumas salas e termos tido todas as informações técnicas dos vinhos e azeites, chegou a hora de aprender na prática, uhuul \o/.

Fora do castelinho fora armada uma grande mesa com alguns petiscos com queijo pecorino, salame e presuntos produzidos na região, além das bruschettas com o azeite extra virgem produzidos por eles.

Nós ficamos dispostos em cadeiras enfileiradas em frente à mesa. Assim podíamos nos levantar e nos servirmos de todas as variações possíveis desses quitutes enquanto ouvíamos, algumas informações dos produtos: prêmios, qualidade dos itens, preços, quantidade mínima para entregas, quais países entregam, entre outros.

Enquanto você saboreia e busca mais alguns pãezinhos, começam a surgir os vinhos. Eles vão servindo aos poucos uma seleção de 3 ou 4 vinhos diferentes (nos fora servidos: Tuscan Chardonnay, Sauvignon Blanc i.g.t. Castello Il Palagio Tuscan Red Wine i.g.t. Castello Il Palagio Chianti Classico Castello Il Palagio), enquanto discorrem sobre as propriedades de cada vinho, o que devemos observar enquanto provamos e, claro, todas as mesmas informações para compra.

Por fim, surgem os Cantuccini servidos com Vinsanto. Cantuccini são biscoitinhos com amêndoas que você deve molhar no copinho do vinho Vinsanto para degustar. Nem ouse beber direto do copo. Apesar de delicioso é muito forte. Foi uma das partes que mais gostei. No terceiro Cantuccini já é possível ser entendido do assunto. Afinal, quanto mais a gente bebe, mais entendidos ficamos rs.

O tour e a degustação foram feitos em uma hora e quarenta e teve o custo de 14 euros por pessoa. Eu observei que eles possuem mais de dez tipos de roteiros diferentes. É possível fazer provas de queijos e salames ou ter uma aula com especialistas em azeites. Você pode escolher ainda uma aula com um sommelier e provar famosos vinhos ou ter uma aula para aprender a preparar um ravióli caseiro tipicamente italiano. Os preços podem variar de 6 a 45 euros dependendo do que escolher. No geral as degustações e aulas duram de uma hora e quarenta a duas horas, com exceção do Pasta Class que dura 3 horas.

O lugar é histórico, bonito e bem bacana. Certamente não vai te faltar oportunidade de aprender algo novo e nem de provar coisas gostosas. Sem dúvida conhecer um pouco mais sobre a produção destes vinhos não nos tornou entendidos, mas foi uma experiência deliciosamente boa e que nos deixa boas lembranças.

1707 - Contiki - Toscana e Wine Tasting (26)
Parreiras e oliveiras da vinícola Tenuta del Palagio.

Vai passar pela Toscana? Porque não esticar até uma vinícola para aprender um pouco mais sobre a secular produção dos vinhos toscanos. Salute!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: