Jericoacoara: Pedra Furada e Duna do Pôr do sol

Olá Viajantes!

Aposto que, se você já procurou um pouco sobre Jeri, você já viu algum vídeo ou imagem do pôr do sol de Jericoacoara, não é? Também sabemos que a Pedra Furada andou aparecendo nas suas redes sociais quando buscou por Jericoacoara. Faz sentido! Estas são duas das atrações mais populares da região. Estão naquelas listinhas de coisas para ver quando se está visitando um destino, sabe?

Pois é! Foi pensando nisso que escrevemos algumas informações que consideramos úteis bem como nossas impressões sobre elas. Vamos lá?

Pedra Furada

A Pedra Furada é um dos cartões postais da cidade. Extremamente popular entre os turistas, é também uma das maiores polêmicas da região. Calma! Já explicaremos o motivo. Mas antes disso, daremos o contexto para que você mesmo tire suas  próprias conclusões.

Distante 4 quilômetros da vila, você encontrará uma formação rochosa com um buraco no meio em plena praia. Este é o símbolo da praia de Jericoacoara: a Pedra Furada.

Não é o tipo de praia que você vai encontrar vários turistas pegando sol ou tomando um banho de mar. Não porque seja feia, muito pelo contrário. Mas porque está afastada da vila, o acesso não é fácil e não tem estrutura em volta. Para ter uma ideia quanto ao acesso, vamos aos jeitos para se chegar a Pedra Furada:

  1. Se a maré estiver baixa, é possível caminhar pela orla da praia a partir da vila. Mas prepare-se, você deve levar uma hora para chegar. Tirar umas fotos, talvez dar um mergulho e voltar outra uma hora pela praia;
  2. Cortar caminho pelo Morro do Serrote. Mas não se engane com o “cortar caminho”. Você deve levar uma meia hora ou quarenta minutos andando morro acima para então descer um caminho de pedras e chão batido um tanto íngreme (use calçado o mais fixo possível no pé, pode ajudar a prevenir algum escorregão);
  3. Pagar para que uma charrete te leve até a descida comentada acima. Dali é só descer para chegar à Pedra Furada. O preço da charrete costuma estar entre R$ 20,00 e R$ 25,00 por pessoa. Dependendo da sua disposição, vale o preço.
IMG_7535_blog.jpg
Percurso pra chegar à Pedra Furada: não é mole não!

Acho que a essa altura da leitura você já deve ter percebido o motivo da polêmica. Muitos moradores e turistas dizem que é muito esforço só pra ver uma pedra grande com um buraco no meio. Muitos blogs consideram o lugar como um “pega-turista”. Nós achamos que tudo depende da sua disposição e vontade de conhecer a Pedra.

Aqui vão mais alguns Detalhes de Viagem:

  1. Em julho é possível ver o sol se pondo bem no buraco da pedra. Apesar de não termos vistos pessoalmente, achamos as fotos na internet muito bonitas;
  2. Nem pense em subir na pedra. Além de perigoso, é proibido;
  3. Existem ambulantes em todo o caminho para vender bebida e tirar fotos;
  4. O trecho para chegar à Pedra é vazio em determinados trechos. Mas perto do final da tarde, aumenta o número de pessoas indo em direção à Pedra. Talvez seja uma opção mais segura se não quiser ir sozinho.
img_7512_blog
Furada sim, mas majestosa sempre!

Duna do Pôr do Sol

Esta é outra “atração” muito conhecida em Jeri e que recomendamos, é claro! Mas vamos aos Detalhes sobre a famosa duna.

No final da tarde, quando o sol começar a querer descansar no horizonte, começa uma espécie de peregrinação. Todos os turistas pegam suas coisas e seguem a caminho da duna para acompanhar o sol se pondo no horizonte.

IMG_8399_blog.jpg
Peregrinação até o topo da duna para assistir ao espetáculo do pôr do sol.

A grande vantagem é que, diferente da Pedra Furada, a duna fica bem próxima da vila, do lado esquerdo no final da pequena praia. Ou seja, você pode curtir a praia ou a piscina do seu hotel até o finalzinho da tarde que ainda dará tempo de subir na duna.

Apesar de todos os turistas fazerem a mesma coisa todos os dias, não será difícil encontrar um bom lugar na duna para acompanhar o pôr do sol, já que ela é realmente grande.

De fato o acontecimento é um espetáculo da natureza. Os tons alaranjados do céu que funcionam como uma bela moldura de um sol que se põe no aparente mar infinito, tornam o momento especial. Tão especial que não são raras as vezes que o pessoal aplaude como se estivessem em um musical da Broadway. Seja como for, vale a pena subir na duna para acompanhar o momento.

Mais alguns Detalhes de Viagem que você deve considerar:

  1. Sim. O momento é romântico e bonito. Mas nem pense em fazer um piquenique ou levar uma toalha e acompanhar o momento bebendo algum espumante. Ninguém te conta isso, mas saiba que venta pra chuchu lá em cima. É verdade que alguns dias ventam mais, outros menos, mas sempre venta o suficiente para que qualquer coisa que tenha levado seja empanada pela areia.
  2. Leve óculos de sol, e alguma canga, toalha ou camiseta. Também pela quantidade de vento com areia que corre em cima da duna, é quase impossível ficar de olhos abertos para ver o espetáculo. Além disso, a areia que vem com o vento bate forte nas costas e até no pescoço. Então, melhor garantir.
  3. Imaginamos que você vá passar mais de um dia em Jeri. Então porque não subir em um destes dias para ver o pôr do sol sem se preocupar com as fotos ou filmagens?! Outro dia você sobe e faz todas aquelas imagens bonitas para publicar em sua rede social e guardar de recordação.

Quando o sol se põem, toda aquela turistada começa a descer a duna. Os capoeirista começam a jogar na praia, alguns morceguinhos começam a voar e tem até aula de zumba na areia.

IMG_8433_blog.jpg
Vale ou não vale um milhão de aplausos?!

Mas se nada disso interessar, é hora de voltar ao hotel para curtir um pouco da piscina ou se arrumar para passear e jantar no centrinho.

Conclusão: Apesar de alguns considerarem a Pedra Furada um pega turista, recomendamos avaliar o seu roteiro. Se tiver tempo e disposição para conhecer, certamente tirará algumas fotos bonitas e terá conhecido um dos cartões postais dessa viagem. Quanto ao pôr do sol na duna, está mais do que recomendado. É fácil, de graça e incrivelmente bonito.

Para quem ainda não leu nossos outros posts de Jeri, já falamos neste aqui sobre tudo o que precisa saber da cidade, neste sobre o passeio de buggy até as Lagoas Azul e do Paraíso e neste aqui sobre o passeio de buggy até Tatajuba.

Não esqueçam de nos acompanhar no instagram @detalhesdeviagem. Tem um vídeo super bonito que fizemos do pôr do sol na duna, vale a pena ver! E também não esqueçam de curtir nossa página no facebook. Escreveremos nos próximos posts um pouco sobre alguns restaurantes que experimentamos e recomendamos em Jeri, então vale a pena ficar conectado!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: