Jericoacoara: Começando a planejar a sua viagem

Sabe aquela foto que você viu de um amigo, parente ou em algum instagram de viagem fazendo pose em uma duna, lago com redinha colorida ou passeando em algum buggy na orla da praia? Pois é! Provavelmente foi em Jijoca de Jericoacoara.

Temos visto uma crescente onda de turistas que tem sonhado com a praia de água quente e a vida simples da cidade. Não é para menos que Jericoacoara foi escolhida pelo Tripadvisor como o destino favorito dos turistas no Brasil e o terceiro no mundo todo para 2017. Aliás, não é a primeira premiação que esta belíssima praia recebe. Jeri já foi escolhida como uma das mais belas praias do mundo em 1994 pelo Washington Post e a quarta melhor praia do mundo pelo Huffington Post em 2014.

Pois é! Mas afinal, o que essa praia tem que todo mundo está indo para lá? Estivemos hospedados na cidade por uma semana em novembro de 2016 e trouxemos aqueles Detalhes de Viagem para que você fique por dentro de tudo o que está acontecendo e planeje seu próximo destino.

Jericoacoara.

Jericoacoara é uma praia localizada em Jijoca de Jericoacoara, munícipio localizado a 300 km de Fortaleza.  Até o final dos anos 80, apenas pescadores frequentavam a região. Mas tudo mudou quando alguns estrangeiros descobriram o lugar para o turismo.

A cidade ainda preserva sua simplicidade em ruas não asfaltadas, sem postes elétricos na rua, roupas de praia o dia todo e aquele clima de que as coisas devem acontecer devagar. Mas lembre-se, não é mais uma cidade de pescadores. O turismo trouxe hotéis de luxo, restaurantes premiados e um clima festeiro que agitam os turistas até de madrugada.

Mas como chegar a Jeri?

A Azul anunciou que começará a vender vôos para o mais novo aeroporto de Jericoacoara a partir de abril de 2017. Os preços ainda não foram anunciados, mas os vôos devem partir de Recife. Ou seja, para quem não mora na região, pegará ao menos uma escala no trajeto.

Mas para aqueles que aproveitaram para passar alguns dias em Fortaleza, recomendamos pegar um transfer que sai direto do seu hotel para Jericoacoara. Contratamos nosso transfer ainda em São Paulo, e não nos arrependemos. Um veículo 4×4 nos pegou no hotel em que estávamos hospedados em Fortaleza por volta das 07:00 hrs da manhã e seguimos direto até o nosso hotel em Jericoacoara. Tivemos sorte e, apesar de não termos contratado um transfer privativo, viajamos sozinhos.

O trajeto é agradável e leva em torno de 4 horas. Paramos apenas para beber água e murchar os pneus em Jijoca, já que, segundo nosso simpático motorista, era necessário para chegar à Jeri, que fica dentro do Parque Nacional de Jericoacoara. Na volta, pegamos a famosa jardineira até Jijoca e uma van até Fortaleza. A viagem foi igualmente confortável já que viajamos sozinhos novamente.

Outra opção mais barata (e mais demorada) é pegar um ônibus pela Fretcar. Não utilizamos o serviço deles, mas encontramos boas recomendações na internet. Há opções de ônibus convencional e executivo. Nas consultas que realizamos no site, os preços variam de R$ 35,00 a R$ 50,00 por trecho e levam de cinco a seis horas para chegar a Jijoca. De lá, será necessário pegar uma jardineira até Jericoacoara.

Caso você esteja de carro e queira ir por conta própria, não recomendamos. Consideramos que, a não ser que você tenha um carro apropriado e experiência, o percurso final não é dos mais fáceis. Diríamos que a chance de atolar em algum lugar é alta, e as dunas são móveis, oferecendo perigo pra quem não conhece o caminho.

Mas quanto tempo eu devo ficar para aproveitar?

Essa é sempre uma pergunta difícil de responder por que depende muito dos seus interesses pessoais, mas diríamos que com pelo menos 4 dias você conseguiria fazer os principais passeios, conhecer alguns restaurantes e curtir um pouco da praia. Não é incomum encontrar quem fique menos dias, mas achamos que seu roteiro poderia ficar muito apertado e você deixaria de aproveitar alguma coisa.

Acreditamos que algo em torno de 6 dias é o suficiente para você ver tudo e ainda curtir o clima do lugar com calma.

img_8358_blog
Escolha um lugar e relaxe na praia de Jeri.

Onde ficar?

Podemos dizer com certeza que a praia é democrática. Existem desde as pousadas simples e baratas até hotel de luxo. Caso você fique poucos dias e queira fazer todos os passeios, talvez não compense investir muito em um hotel caro. No entanto, caso opte por passar alguns dias a mais, recomendamos que escolha com carinho o seu hotel. É um destino que estar em um hotel de frente para o mar e com boa estrutura pode fazer a diferença.

Outra consideração a ser feita é quanto a localização. Não que a cidade seja grande, mas estar do lado do centrinho e de frente para a praia vai facilitar seu dia e deixar a estadia mais agradável.

A praia e o vento.

A praia não é comprida. Não saberia precisar o tamanho exato, mas tem tamanho suficiente para caber todos. O visual é lindo em qualquer momento do dia e a água cristalina. Certo momento do dia o mar deeeeeesce até lá embaixo e deixa aquela faixa enorme de areia exposta. Dá até uma preguiça de andar até o mar. Mas não se preocupe, mais tarde sobe tudo de volta, conforme previa a tábua da maré.

O calor é tanto que mergulhar na água do mar não é nenhum sacrifício. Até para a criançada é muito tranquilo, já que não é uma praia de tombo. Inclusive, leva-se tempo considerável andando dentro d’água para que você molhe o umbigo.

Outra característica do local é o vento. Como venta! Mas não se engane, ventar é bom. Porque o calor é tanto que uma brisa é sempre bem vinda. Venta tanto que a prática de kitesurf e windsurfe é super recomendada na região. Aliás, se você quiser se arriscar, existem várias empresas que alugam equipamento e dão aulas em vários horários diferentes do dia. E não se preocupe, existem todos os perfis de pessoas tentando. Teve momentos que contamos mais de 50 pranchas de windsurf no mar.

O centrinho e os restaurantes.

Ao final do dia, o trânsito é fechado no centrinho, todos recolhem suas coisas na praia e vão para seu hotel. Alguns ainda ficam nas piscinas até tarde, mas é fato que mais tarde todos vão para o centrinho. O centrinho nada mais é do que a concentração das principais ruas e ruelas onde ficam os restaurantes, mercadinho e farmácia. Existe até uma praça com música ao vivo quando estivemos por lá.

A caminho do restaurante que escolheu, aproveite para ver como os restaurantes e comércio iluminam as ruas, já que não há iluminação pública. Aproveite ainda para passar nas barraquinha de bijuteria, rendas e lembrancinhas. Se estiver em uma travessa um pouco menos iluminada, dê uma olhada no céu. Pela falta de iluminação ao redor, o céu em Jericoacoara é um espetáculo à parte.

img_7595_blog
As ruas de areia do centrinho.

Após o passeio, siga para seu restaurante. Existem várias opções de primeiríssima qualidade. Mas é claro que a conta acompanha a qualidade. Quase todos eles expõem seu cardápio no lado de fora do restaurante para que você possa conferir as opções e preços. Claro que há opções mais em conta, mas recomendamos reservar pelo menos uma ou duas noites para conhecer algumas cozinhas bem avaliadas e o seu ambiente rústico gostoso. E nem ouse colocar sapato, lembre-se que as ruas são de areia e que todos estão curtindo o ambiente de praia, então você provavelmente não vai precisar de outro calçado além de um chinelo ou uma rasteirinha.

Dicas finais.

Você já deve ter lido em algum lugar, mas gostaríamos de reforçar. Não há caixa eletrônico na cidade. Por isso leve dinheiro vivo para amenidades. A maiorias dos restaurantes e hotéis aceitam cartão.

Leve roupas leves, protetor solar e chapéu. Pode até não parecer quando você estiver em algum lago ou por causa do vento, mas queima pra dedéu. A noite costuma ser bem fresco, talvez alguns queiram levar um casaquinho leve por conta do vento.

Se não passar bem, existe um posto de saúde aberto até o final da tarde. Caso já seja de noite, existe uma UPA na entrada de Jeri. Peça para que alguém do seu hotel chame um buggy para te levar.

Agora que você já conhece Jericoacoara, escreveremos um pouco mais sobre os dois passeios de buggy mais conhecidos da região, recomendações de alguns restaurantes e sobre o por do sol na duna. Não deixe de conferir!

Ah! Não esqueçam de curtir a nossa página no facebook e receber nossos posts assim que publicados!

2 comentários em “Jericoacoara: Começando a planejar a sua viagem

Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: