4 Lagoas Imperdíveis em São Miguel – Açores

Olá Viajantes!

Espero que estejam curtindo a nossa série de posts sobre a Ilha de São Miguel nos Açores. Por aqui vocês já descobriram:

Os 7 motivos para conhecer a Ilha de São Miguel;

Começou a planejar a sua viagem;

Conheceu uma das plantações de chá mais antigas da Europa;

Passeou pelas excêntricas plantações de Abacaxis em estufa;

Soube onde e como ver baleias e golfinhos na ilha;

Relaxou nas piscinas termais de fontes seculares;

Almoçou um prato cozinhado embaixo da terra; e

Passou pelos 7 imperdíveis mirantes da ilha.

No entanto, não poderíamos encerrar nossa série sobre esse lugar fantástico e ainda pouco visitado pelos brasileiros, sem escrever sobre um dos principais motivos pelo qual a ilha deveria ser visitada: as lagoas.

A Lagoa de Furnas é uma das nossas favoritas. Não só pela beleza, mas porque tem muito o que ver e fazer em volta

Se pensarmos bem, ver alguma lagoa talvez seja uma das primeiras coisas que vai fazer por lá. Estando do lado certo do avião e se as nuvens permitirem, é possível observar algumas lagoas antes mesmo do avião pousar na ilha. Pela janelinha já é possível ter sua primeira impressão de como as lagoas estão presentes por todo o lado e fazem parte essencial da geografia do lugar.

A ilha, de origem vulcânica, reserva nas crateras de seus vulcões as mais belas e transparentes lagoas para o deleite de quem possa apreciá-las. Mas não se engane! Parte delas estão ali apenas para serem admiradas mesmo. Para curtir um banho da água da ilha, recomendamos as piscinas termais ou naturais e as cachoeiras da região.

A visão antes do pouso já dá uma boa ideia do que vai encontrar na ilha

Por onde começo?

Praticamente todas as dicas dadas na matéria dos 7 mirantes da ilha valem novamente aqui e recomendamos ler se ainda não leu. Com o carro alugado, mapa offline e roupa adequada, você não passará apuros.

Mas vamos ao que interessa. Quais são as Lagoas?

  1. Lagoa das Sete Cidades

Sendo o maior lago de água doce do arquipélago dos Açores, com mais de 4 km de cumprimento e 33 metros de profundidade, este é o lago que salta aos olhos já mesmo antes de pousar na ilha. Rodeada por vários mirantes, é destino de vários fotógrafos e não raramente é incluída nas listas de lagoas mais bonitas do mundo.

Caso você tenha seguido nossa dica, terá subido no Mirante do Cerrado das Freiras para ter uma vista panorâmica da freguesia Sete Cidades e do lago, de mesmo nome, que é dividida por uma ponte.

Como já falamos no post sobre os mirantes, apesar desta divisão ocasionar em duas lagoas menores, trata-se do mesmo lago formado na cratera de um vulcão. Cada lado do lago leva um nome: Lagoa Azul e Lagoa Verde. Como visitamos o mirante em um momento não tão ensolarado o motivo não ficará óbvio, mas o nome é dado simplesmente pela cor que cada lado fica ao bater o sol. Na internet você poderá encontrar várias fotos mostrando o contraste de cor dos dois lados do lago.

Quando o tempo abre um pouco já dá pra perceber como o lago à esquerda é mais verdinho e o lago à direita da foto mais azul

Apesar da explicação mais racional desta diferença se dar pela vegetação que rodeia as duas partes do lago, há uma lenda, chamada a Princesa dos Olhos Azuis, que é muito mais interessante e explica a diferença de cores entre os dois lagos.

Conta a lenda que uma princesa chamada Antília, de belos olhos azuis, apaixonou-se por um pastor de olhos verdes. O rei, pai da princesa, não permitiu que os dois ficassem juntos, já que era do seu desejo que sua filha se casasse com um príncipe. Diante da proibição, o rei permitiu que o casal se reunisse apenas mais uma última vez e assim foi feito. O casal chorou tanto na despedida deste encontro que cada um encheu um lado do lago, formando então o que vemos hoje.

A Lagoa, classificada como área protegida e eleita uma das 7 Maravilhas Naturais de Portugal, certamente vale a sua visita e por isso está entre as nossas escolhas imperdíveis.

O tempo fechou quando chegamos no outro mirante
  1. Lagoa do Fogo

Uma das maiores lagoas da ilha com mais de 1300 hectares é também uma das mais jovens de todo o arquipélago. Também de origem vulcânica, essa caldeira formou-se há pouco mais de 15 mil anos e teve seu último colapso dando forma à sua configuração atual há apenas 5 mil anos. O que convenhamos que para um evento geológico é como se fosse ainda um bebê.

Outra característica interessante do Lago é que está no topo do vulcão e é a lagoa mais alta de toda a ilha. Ou seja, mesmo com paredes que podem chegar à 300 metros de altura, a base do lago está consideravelmente acima do nível do mar. Se formos considerar que se trata de uma ilha pequena, considero um grande feito e com certeza merece entrar na sua lista.

  • Lagoa de Furnas

Essa talvez seja a nossa Lagoa favorita. Não é a maior ou mais alta, mas é a que melhor se encaixa em vários roteiros. Também com um tamanho importante e com ótimos mirantes em torno, essa lagoa pode ser combinada com um dia de banhos termais e um almoço do Cozido de Furnas ou ainda com uma trilha próxima terminando no parque para observação das famosas Fumarolas.

As fumarolas do parque próximo de onde se enterram os cozidos

Também localizada em uma cratera de vulcão, a lagoa de quase 2km² de área e profundidade de 15 metros está localizada no distrito de Povoação, na vila de Furnas. Apesar de muito bonita, como comentamos sobre algumas lagoas da ilha, não é própria para o banho por inúmeros motivos, inclusive pelo descarte de fertilizantes.

Sente-se nos bancos próximo do lago e deixe o tempo passar : )

Na margem sul da ilha é possível ver uma pequena capela dedicada à Nossa Senhora das Vitórias. Construída no estilo neogótico na França e desembarcada na ilha à mando do intelectual e rico José do Canto, o local serve hoje como sepultamento do seu corpo e de sua esposa.

Outro dado curioso é que segundo dados locais, até meados de 1600, toda a bacia era seca e povoada. Sendo que uma erupção vulcânica rompeu a parede de um lago mais alto e de acesso, abastecendo então toda a bacia que ficava na parte mais baixa, de forma a inundá-la. Vulcões e lagoas é o que não falta. Então não duvidamos que tenha mesmo acontecido. Seja por sua história, boa localização, atividades próximas ou beleza, certamente vale a visita e está entre as nossas escolhidas.

Não é recomendado nadar dada a qualidade da água, mas é bem bonita
  1. Lagoa das Empadadas

Localizada também próximo à Sete Cidades, este lago é totalmente diferente das demais. De importância histórica para a ilha, a água do lago foi conduzida por muitos anos através de um aqueduto de pedra para abastecer os fontanários de Ponta Delgada.

A fotogênica chegada ao lago rende boas fotos

Mas o que a difere das demais mesmo é que não é preciso subir em um mirante para observá-la, há uma trilha no bosque para alcança-la. Ao redor da água é possível ver uma mata fechada de árvores, hortênsias e azaléas.

Há um parque de estacionamento de terra próximo à trilha. Você pode deixar o carro e seguir a pé por não mais que dez minutos. O caminho é feito de terra batida e uma escada com alguns degraus de madeira nada muito estruturado, mas é um caminho tranquilo para quem pode fazer caminhadas e a trilha ainda rende algumas boas fotos.

Piscinas Naturais

Como bônus, pensamos em mencionar a possibilidade de procurar por piscinas naturais. Além das cachoeiras no interior da ilha, é possível banhar-se em piscinas que se formam ao redor da ilha. Claro que é um banho para os meses mais quentes do ano já que a água é a fria do mar mesmo. Também é preciso pegar a maré certa e um dia sem muitas ondas.

Caso tenha vontade, saiba que é uma atividade bem comum entre os moradores e há certos lugares já destacados para o mergulho. Tenho certeza que você passará por alguns durante seus passeios na ilha. Sabemos que não é bem uma lagoa, mas porque não se aventurar um pouco a experimentá-las.

Tem até uma escadinha para entrar e sair da piscina

Outros Lagos

Existem é claro outros lagos na região como a Lagoa de Santiago ou a Lagoa de Pau Pique e até mesmo na borda da ilha como a Lagoa de Vila Franca do Campo. Caso você tenha mais tempo ou seu foco seja ver o máximo de lagoas possíveis, pergunte na recepção do seu hotel e tenho certeza que eles poderão indicar o caminho para todas elas no mapa.

Clima/tempo e as fotos perfeitas.

Talvez esse seja o principal ponto de atenção para observar nestes passeios. Caso você procure antecipadamente referências das lagoas em fotos da internet, encontrará imagens perfeitas. Muitas delas tiradas por profissionais em dias e condições ideais ou ainda fotos modificadas digitalmente.

Caso faça isso e não ajuste a expectativa, poderá ser um passeio frustrante. Como já dissemos uma dúzia de vezes, o clima muda muito o todo tempo. Será quase impossível, por uma mera questão de probabilidade mesmo, ver todas as lagoas nas condições perfeitas de clima. Ao visitar uma lagoa, talvez esteja garoando, nublado ou simplesmente a iluminação não seja a melhor para aquele momento.

Há muitos trechos incríveis para apreciar entre um lago e outro

Isso não quer dizer, no entanto, que a experiência será ruim. Muito pelo contrário! Ver pessoalmente, ainda que não seja no melhor clima, é uma experiência muito mais rica do que qualquer foto na internet. Não só para os olhos, mas para os ouvidos e nariz também.

Então planeje sim visitar as lagoas na melhor previsão do tempo possível. Mas não se chateie caso chegue a esses lugares e não esteja na melhor condição possível ou perfeita. É a natureza trabalhando no seu ritmo e regras e há muita beleza nisso.

O clima muda o tempo todo. Aproveite os períodos de sol durante o dia : )

Com este post encerramos esta série sobre a Ilha de São Miguel nos Açores. Se você tem alguma dúvida ou gostaríamos que comentássemos algum ponto que não falamos em nossas matérias sobre a ilha, não deixe de comentar ou perguntar. Aproveito para deixar nossas nossas páginas no Facebook e no Instagram para curtirem e acompanharem nossas viagens, dicas e relatos. Até o próximo destino : )

Um comentário em “4 Lagoas Imperdíveis em São Miguel – Açores

Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: