O Cozido das Furnas – Comida típica dos Açores

Olá Viajantes!

Estávamos aqui em casa conversando sobre a variedade de perfis de viagem e de viajantes. Há quem escolha uma viagem para relaxar, há quem prefira conhecer novas histórias, há quem quer aprender sobre novas culturas, tentar coisas novas ou praticar atividades já conhecidas, entre uma infinidade de possibilidades quase inesgotável de perfis. No entanto, há uma coisinha em especial que todos fazem durantes suas viagens: comer. Convenhamos que comer bem enquanto viaja é muito bom. No entanto, se pudermos escolher comer bem e ainda escolher uma comida típica da região, daí a sua viagem se transforma em uma experiência.

Como compartilhar experiências e não apenas viagem é o nosso objetivo somado ao fato de estarmos escrevendo esta série de posts sobre a Ilha de São Miguel, não poderíamos deixar de falar do clássico entre os clássicos da cozinha regional: O Cozido de Furnas.

O famoso (e talvez não tão bonito) Cozido de Furnas

Sei o que é um cozido..mas e Furnas?

Furnas é uma freguesia que fica no sudeste da ilha no município chamado Povoação. Com pouco mais de 70km² e menos de 1.500 habitantes, esta freguesia é conhecida principalmente pela sua atividade geotermal. Com dois vulcões ainda ativos (sendo que a última erupção aconteceu há mais de 300 anos), os turistas correm para a região quando querem se banhar nas piscinas termais, andar pelos jardins do Parque Terra Nostra ou ainda caminhar em volta da grande Lagoa de Furnas. Inclusive já postamos contando um pouco mais sobre as opções de piscina termais da região aqui.

O lago de Furnas e logo abaixo na foto onde é possível ver as fumarolas de perto

E é próximo à lagoa que encontramos onde é produzido o famoso cozido da região. Na margem norte do lago você encontrará as chamadas Fumarolas. Fumarolas são aberturas na superfície na crosta terrestre, geralmente próximas aos vulcões, que emitem vapor de água e gases. Ou seja, estamos falando de um território muito muito quente e que possui uma ligação direta com a superfície que esquenta tanto a água que sai vapor.

É tão quente que eu fico imaginando o calor que não estava para alguém pensar: “Uau! Faz tanto calor que parece uma panela. Se enterrar alguma coisa por aqui, com certeza vai cozinhar”. Ok, eu sei que não foi assim e que há várias teorias de como começaram os cozimentos de panelas enterradas em solo quente por todo o território europeu, mas é quase isso que você vai ver por aqui.

É possível caminhar por passarelas próximo aos buracos fervendo

Em um espaço parcialmente controlado para que as pessoas não se aproximem da parte mais quente da fumarola, você encontrará passarelas que levam aos buracos previamente feitos no parque onde os restaurantes locais, moradores e até turistas (por que não?) podem depositar suas panelas com todo o preparo para que cozinhem pela próximas cinco a oito horas.

As passarelas são bem conservadas e de fácil locomoção

Podemos concluir que Furnas é um daqueles lugares no mundo onde as pessoas não só colhem da terra como cozinham dentro dela hehe. Piada infame feita, você deve estar se perguntando:

Legal! Mas é só chegar e almoçar?

A não ser que você mesmo tenha preparado o cozido, você não vai ao parque para comer. Vai se dirigir aos restaurantes locais para experimentar o prato. Mas recomendamos fortemente que vá primeiro ao parque.

Você pode localizar o parque como Lagoa das Furnas. Acessível de carro e com estacionamento dentro do parque, paga-se algo em torno de 3 euros por adulto para acessar e ajudar a manter a estrutura do parque.

Ver as fumarolas, o lago e chegando pouco antes do horário do almoço, é bem provável que você possa acompanhar alguém retirando a panela que levou de manhã cedo.

Depois do passeio e das fotos onde registrou como seu cozido foi feito, chegou a hora de experimentar.

Existem alguns bancos próximo ao lago para algum tempo de contemplação e descanso

Onde comer?

Não é difícil encontrar na internet recomendações de lugares para experimentar o Cozido de Furnas. Sendo os mais recomendados o Tony´s, para uma experiência mais “autêntica”, e o restaurante do Hotel Terra Nostra, dentro do Parque. Ficamos com a segunda opção já que queríamos visitar o parque no mesmo dia:

Restaurante Terra Nostra Garden:
Endereço: Rua Padre José Jacinto Botelho, 5 – Furnas – São Miguel – Açores
Contato: (+351) 296 549 090 – terra.nostra@bensaude.pt
Para os que almoçam cedo, atente-se ao horário. Quando estivemos por lá, o restaurante servia só depois das 12:30h.

O restaurante é muito bonito, mas não se preocupe que não tem nenhum código de vestimenta rígido. Se alguém do grupo não quiser experimentar o cozido, o restaurante tem outras opções de pratos portugueses e até internacionais que podem agradar.

É possível ver quando as panelas estão enterradas cozinhando

Qual o preço?

Para quem veio experimentar o cozido, o restaurante serve o prato com valores para uma ou duas pessoas. Quando escrevi esse post em 2022, o valor era de 25 euros – 1 pessoa / 44 euros – 2 pessoas. Optamos pelo prato para duas pessoas e veio muito bem servido, podendo repetir se desejar.

Para quem quiser se antecipar aos pratos e demais preços, o site do restaurante (https://www.bensaudehotels.com/terranostragardenhotel) disponibilizar o menu.

Feita a escolha o garçom traz o cozido e apresenta cada um dos ingredientes do prato. E daí vem a pergunta:

O que tem no cozido?

Basicamente é colocado três tipos de carne (Vaca, porco e galinha) temperadas e marinadas 24 horas antes do cozimento, com batatas, cenouras, repolho, couve, morcela, chouriço, inhames e talvez mais outro legume que não tenha me lembrado agora acompanhado de uma cumbuca de arroz

Como eu comentei acima, um diferencial do Terra Nostra é que o garçom apresenta cada ingrediente separado no prato. Dessa forma você consegue identificar o que está comendo e até mesmo separar algo que não seja muto fã. Após colocar no prato ele rega com o caldo do próprio cozimento.

Como faço para chegar? A partir de ponta delgada

Aqui vale a mesma dica dos outros posts sobre a ilha de São Miguel. Baixe o mapa offline e coloque o endereço do restaurante acima no GPS. O restaurante fica aproximadamente 50 minutos do centro de Ponta Delgada por uma estrada bem tranquila. Aliás, ainda vamos postar uma matéria sobre os mirantes e as estradas, mas a verdade é que pegar as estradas pela ilha era realmente uma das coisas que mais gostamos de fazer. Não só porque a estrutura é boa, mas principalmente porque tem vários cenários pela costa ou no interior da ilha que valem a passagem. Principalmente para quem é verdinho como nós e gosta de uma natureza.

Uma das ruas à caminho do Lago de Furnas

O Cozido de Furnas é uma das comidas típicas mais famosas da região, gostamos de provar e por isso está entre os nossos 7 motivos para conhecer a Ilha de São Miguel. Se você provou ou tem alguma dúvida, não deixe de comentar e curtir as nossas páginas no Facebook e no Instagram.

Um comentário em “O Cozido das Furnas – Comida típica dos Açores

Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: