7 Motivos para conhecer a Ilha de São Miguel em Portugal

A maior parte das pessoas com quem falamos sobre viagens não conhecem ou pouco conhecem São Miguel, a maior das ilhas do arquipélago dos Açores em Portugal. Matéria do Globo Repórter há alguns anos, esse arquipélago ainda é pouco explorado pelos turistas em geral, em especial os brasileiros.

É claro que faremos uma série de matérias sobre São Miguel com aqueles Detalhes que você só encontra aqui, mas antes, será que vale a pena conhecer esse destino pouco usual na lista dos viajantes?

Pensando nessa pergunta, preparamos uma listinha com os nossos 7 principais motivos para conhecer São Miguel e entender se é um destino que se encaixa no seu perfil:

1) Chá Gorreana: É aqui que fica a sobrevivente e mais antiga plantação de chá em produção da Europa. Fundada em 1883 e com ligação direta com a história das navegações portuguesas ao Oriente, os carreiros de arbustos nos campos de chá e toda a fábrica estão abertas para visitação o ano todo. É um passeio divertido, instrutivo e que mescla a história da ilha com a de Portugal e até mesmo a brasileira, já que as primeiras sementes foram trazidas do Brasil. O processo é todo orgânico e muitas etapas manuais podem ser conferidas sem horário reservado. Aproveite a passagem por aqui para provar um dos chás mais antigos e consumidos em Portugal, Alemanha, EUA e Canadá.

Os turistas podem passar pelos corredores das plantação de chá na Gorreana

2) Lindas Lagoas: A ilha tem natureza vulcânica e se desenvolveu por milhões de anos formando um ecossistema com várias lagoas, vales, grotas e ribeiras. É isso mesmo que você está pensando. Essas lindas lagoas são na verdade o fundo das crateras de antigos vulcões extintos. Não é o máximo? Presentes pela ilha toda, essas lindas e limpas lagoas, podem ser vistas dos picos e até mesmo do avião na chegada ao aeroporto se o tempo ajudar. É bem comum os turistas fazerem trilhas para avistar os lagos, atividades esportivas como canoagem ou simplesmente se dirigem até os topos para ter uma visão completa dos lagos e quem sabe não fazer um piquenique com um belo cenário de fundo. Certamente as lagoas da ilha estão entre os principais motivos para se visitar São Miguel.

Se o tempo ajudar, a vista dos picos são incríveis

3) Banhos Termais: Como já comentado acima, a ilha tem origem vulcânica. O que faz de São Miguel um sonho para quem gosta de banhos termais. São diversas piscinas naturais que podem chegar de 35ºC  à 40ºC com o bônus de que algumas estão rodeadas de jardins centenários ou então em spas especializados. Ainda que eu não conheça nenhum estudo cientifico aprofundando os benefícios medicinais dos banhos termais, é uma experiência que gostamos muito e é bem relaxante.

Pode parecer barro, mas é o ferro que deixa a água dessa cor

4) Mirantes por toda a ilha. É possível percorrer São Miguel toda de carro e parar em diversos mirantes por toda a costa ou até mesmo em alguns picos no meio da ilha. É uma infinidade de penhascos, lagos, vegetação, faróis e o próprio mar a perder de vista em diversos mirantes espalhados pela caminho. Ainda que muitos mirantes sejam acessíveis de carro, encontramos poucos turistas, tornando nossas paradas ainda mais especiais tendo por companhia apenas a natureza. A visibilidade de alguns mirantes é tão boa a depender do tempo que é possível fazer avistamento das baleias quase do topo da ilha com ajuda de binóculos.

Dá pra ficar horas observando o mar a perder de vista

5) Observação de Golfinhos e Baleias. Esse é o tipo de passeio que costumamos gostar muito. Ver animais dentro do seu próprio habitat e de forma responsável é muito incentivado por nós e costuma ser uma experiência mágica. O arquipélago dos Açores é um dos maiores santuários do mundo, tendo registro de mais de 20 cetáceos diferentes. Só pra você ter uma ideia, isso representa mais ou menos um terço do total existente. Apesar de ser um passeio que sempre depende do clima (e clima/tempo na ilha é uma loucura), existe passeio quase o ano todo. Você pode embarcar para uma “caçada” aos nossos amigos marinhos ou até mesmo arriscar nadar com golfinhos em alto mar em pleno verão. É uma experiência que certamente recomendamos.

Uma das muitas espécies de golfinhos e baleias que moram no arquipélago

6) Ananás: Ou mais conhecido no Brasil como abacaxi. Eu sei que ver uma plantação de abacaxis não parece ser assim uma grande atividade turística. Principalmente para nós, brasileiros, mas aqui valem os detalhes. A ligação da ilha com os Ananás é muito curiosa. Os portugueses acharam o fruto lindo quando estiveram em terras brasileiras e resolveram tentar recriar a plantação na ilha para fins decorativos/ornamentais apenas. Com o passar do tempo e com o declínio do comércio da laranja, o Ananás passou ter importância econômica para Portugal por um determinado período. E aqui estamos, no único lugar do mundo onde Ananás são plantadas em estufas por mais de um século, recriando o melhor ambiente para este fruto que nada tinha a ver com as condições da ilha. São pelo menos três estufas em que a visitação é possível de ser feita. Se a paixão deles pela fruta não o convenceu a fazer essa vista, eu não sei mais o que o faria.

Uma das muitas estufas de Ananás

7) Cozido de Furnas: Lembra-se que eu comentei que a ilha tem origem vulcânica e que os moradores tem tomado banhos termais há séculos, certo?! Pois bem, agora você vai descobrir que esta não foi a única função que eles arrumaram para esse calorzinho constante na terra. O cozido de furnas é um prato tradicional da região que consiste em colocar diversos ingredientes temperados juntos (porco, galinha, carne de vaca, batata, cenoura, couve e outros) em uma panela grande e enterrar em buracos já preparados para que cozinhem de cinco à sete horas no próprio calor da terra que pode chegar à 100ºC. Fã ou não desse tipo comida, acompanhar o processo de desenterrar a panela e experimentar o prato depois certamente entra na nossa lista de motivos para visitar a ilha de São Miguel.

Tirando a panela do buraco no chão com o famoso cozido para comermos

Agora que você teve um gostinho do que a ilha pode proporcionar, comenta se você ficou com vontade de conhecer a ilha ou mande sua pergunta. Se você já conhece a ilha, conte-nos se concorda com a lista ou se adicionaria mais motivos.

Espero que tenham gostado. Curta nossa página no Facebook e no Instagram para acompanhar nossos próximos posts e fotos sobre os passeios, restaurantes e outras dicas de viagem.

Um comentário em “7 Motivos para conhecer a Ilha de São Miguel em Portugal

Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: